Sobre o TDC 2014 POA e a palestra "Clean Code para Testers"

Na última quinta-feira (16/10), tivemos a trilha de Testes do TDC 2014 Porto Alegre. Como sempre, o evento foi de alto nível e a trilha de Testes também. Confesso que fiquei muito feliz ao ver a grade da trilha e saber que seriam abordados assuntos não tão comuns no histórico da trilha, como Lean, Clean Code (minha palestra) e Teste de Mutação.

Infelizmente, não consegui chegar a tempo de assistir as primeiras palestras. Dentre essas que não assisti (mas que vi os slides depois), destaque para:

  • "Lean para potencializar a Qualidade no Software", do Dionatan Moura. Dionatan mostrou os conceitos do Lean e os relacionou com Qualidade de Software. É importantíssimo que profissionais da área de Testes saibam esses conceitos e apliquem em seu dia-a-dia. :)

  • "Chaos in Test", de Alex Warmling e Gustavo Fonseca (ambos da Chaordic). Alex e Gustavo falaram um pouco sobre a evolução natural do tester "tradicional", mostrando também como são os testers da Chaordic.

Na parte da tarde (que assisti praticamente toda), tivemos muitas palestras técnicas (AEEE). Foi muito bacana ver BDD e Mobile Testing sendo abordados por 3 palestras cada um. Algumas das palestras foram:

  • "Teste de Mutação", do Luís Bianchin (ThoughtWorks). Eu nem sabia que existia esse tipo de teste, e achei MUITO interessante. Basicamente, Testes de Mutação introduzem falhas (mutações) na implementação, com o intuito de ver se seus testes de unidade realmente identificaram as falhas. Dentre as ferramentas que existem para esse tipo de teste, Luís falou sobre o PIT e mostrou um exemplo do uso da ferramenta em um projeto Java.

  • "Testes Funcionais com Frank", do Márcio Brufatto (uMov.me). Márcio mostrou o Frank, um framework de testes funcionais para o iOS.

  • "Testes Funcionais para Android com uiautomator", de Marcio Rosa e Akanbi Strossi (ambos da uMov.me). Seguindo a linha de testes funcionais para aplicações Mobile, eles mostraram o uiautomator, framework de testes funcionais para Android, criado pelo próprio Google.

  • "Testes de Aceitação automatizados com Robotium utilizando a técnica de BDD", do Rafael Chiavegatto (FPF Tech). Rafael mostrou outro framework de automação de testes funcionais para Android, o Robotium. Além disso, rolou um live code bastante proveitoso, mostrando o uso do Robotium integrado com especificações em BDD (usando Cucumber-JVM).

  • "Behaviour Driven Development com Cucumber", do Daniel Wayhs. Daniel mostrou princípios de BDD e mais detalhes sobre o Cucumber, além de um exemplo prático.

  • "GitFlow em ciclo de desenvolvimento ágil: a felicidade do QA", da Cintia Armesto (RBS). Cintia mostrou um pouco sobre o GitFlow, um modelo de criação de branches com o Git.


Palestra "Clean Code para Testers"

Na parte da tarde da trilha, apresentei a palestra "Clean Code para Testers". Nessa palestra, quis mostrar um pouco da minha experiência com Clean Code como tester, e como foi importante aprender sobre o assunto.

Quem leu o livro sabe que são abordados dezenas de técnicas, práticas e princípios. Na palestra, mostrei alguns desses itens para 6 pontos que julguei mais importantes para um tester que se interesse em aprender Clean Code.

img clean code palestra

O público do evento pareceu estar bastante interessado e fez boas perguntas, mesmo que tenha sido um assunto técnico e desconhecido para alguns. Espero que eu tenha conseguido abrir os olhos da galera pra que se preocupem mais em escrever código limpo (seja de teste ou não). :)

Até a próxima!


Sobre o autor: Stefan Teixeira trabalha como QA Engineer e, desde o final de 2014, tem se aventurado no mundo DevOps. É Bacharel em Ciência da Computação pela UFRJ e MBA em Garantia de Qualidade de Software pela Escola Politécnica da UFRJ. Entusiasta de Testes Automatizados (e de tudo que possa ser automatizado!), Agile Testing e da cultura DevOps.

Contatos: stefanfk@gmail.com | Twitter | LinkedIn


comments powered by Disqus