Sobre o Regional Scrum Gathering Rio 2014

Durante os dias 4, 5 e 6 de Setembro, tivemos, no Rio de Janeiro, o Regional Scrum Gathering. Foi o primeiro Scrum Gathering na cidade e um evento de altíssimo nível, com 52 palestras.

Os Scrum Gatherings são eventos que ocorrem em várias partes do mundo, com o suporte da Scrum Alliance. Apesar do nome, o evento falou sobre Agile em geral, entre outros assuntos como: Testes, Integração Contínua, Entrega Contínua, Gamification, Métodos Ágeis no Governo, etc.. Um evento completo. :)

Na abertura, teve um keynote do Mike Beedle, que foi um dos signatários originais do Manifesto Ágil e um dos primeiros praticantes de Scrum. No keynote, foi muito discutido o Enterprise Scrum e mostradas algumas empresas que já utilizam Scrum em outros departamentos (não necessariamente TI).

Imagem SGRIO Beedle

Palestras

Nos dois primeiros dias de evento, tiveram as demais palestras. Você pode ver os slides das palestras neste link.

Dentre as palestras que assisti, posso destacar:

  • "Whisky, sushi, sistemas e fluxo" e "User Story: uma visão holística" do Paulo Caroli (ThoughtWorks). Ambas sensacionais, de altíssimo nível. Os assuntos abordados por elas podem ser vistos nos livros "Optimizing The Flow" e "Direto ao Ponto", do mesmo autor.
  • "1 milhão de usuários sem marketing", do André Simões (fundador do Passei Direto), mostrando a trajetória de sua startup e dicas valiosas para quem quer empreender.
  • "Agilidade e gente bambu: a resiliência apoiando a auto-organização dos times!", da Ester de Campos (ScrumHalf) e Annelise Gripp (Sieve), descrevendo 9 fatores que compõem a resiliência.
  • "A Integração Contínua pode te dar métricas de graça! Pare de desperdiçá-las!", do Carlos Felippe Cardoso (Knowledge21), mostrando métricas valiosas que podemos obter com a Integração Contínua.
  • "Implantando BDD na prática"*, do Diego Asfora (ThoughtWorks). Diego apresentou o case que originou o excelente artigo "Introducing the Software Testing Cupcake (Anti-Pattern)", escrito pelo Fabio Pereira.
  • "Como TDD pode influenciar na construção do seu produto", do Raphael Paiva (SIGA-UFRJ), falando sobre a importância do TDD no design incremental de um produto, e mostrando o case do JTrace: uma engine em Java para geração de imagens usando Ray Tracing.

Infelizmente não pude comparecer ao último dia de evento, o qual foi dedicado a diversas sessões de open-space. :(

Minha palestra

Tive o prazer de apresentar, no segundo dia de evento, a palestra "Melhorando sua Estratégia de Testes Automatizados", que você pode conferir aqui. Na palestra, falo de forma mais geral sobre Testes Automatizados, mostrando a Pirâmide de Automação de Testes e seus níveis. Além disso, dou 5 dicas para melhorar testes pela UI (nível mais alto da pirâmide).

O feedback da palestra foi muito bacana, e o espaço para perguntas foi muito produtivo, com várias perguntas interessantes.

Fig sala palestra

Lembrando que essa palestra também foi apresentada (com algumas mudanças) em Maio desse ano, na trilha de Testes do TDC Florianópolis (slides aqui). Além disso, o conteúdo da palestra também foi abordado, com mais detalhes, no primeiro post do blog.


E é isso! Até a próxima! :)


Sobre o autor: Stefan Teixeira trabalha como QA Engineer e, desde o final de 2014, tem se aventurado no mundo DevOps. É Bacharel em Ciência da Computação pela UFRJ e MBA em Garantia de Qualidade de Software pela Escola Politécnica da UFRJ. Entusiasta de Testes Automatizados (e de tudo que possa ser automatizado!), Agile Testing e da cultura DevOps.

Contatos: stefanfk@gmail.com | Twitter | LinkedIn


comments powered by Disqus